sexta-feira, 1 de novembro de 2013

5 desenhos que as crianças de hoje deveriam chorar por terem perdido! (2)

Fala, galera! Atendendo aos milhares de pedidos (mentira, ninguém pediu) repetimos a dose e trazemos para vocês a lista memorável (e detalhe, a mais acessada de todo o Cinco Listas) que é a lista de desenhos que as crianças de hoje deveriam chorar e querer se atirar do quinto andar do prédio por terem perdido! Hoje trazemos mais 5 desenhos memoráveis! Chorem, crianças de hoje!


1- Marcelino Pão e Vinho
Marcelino pão e vinho4
Tudo bem que esse desenho tinha fundo católico, mas era tocante e inesquecível independente da religião que os telespectadores tinham ou deixavam de ter.
Marcelino Pão e Vinho era a história de um garoto de nome homônimo, encontrado no poço por um frade, irmão André, e é adotado pelos membros daquela igreja. Merece destaque a relação com a natureza que o desenho abordava, e a aparição de Jesus Cristo por meio de uma estátua deixada pelos membros da igreja no porão (Bem sugestivo deixar Jesus no porão, né?).
Esse está sem dúvida no top 3 dos desenhos que mais marcaram a minha infância. O detalhe é que ele é inspirado em filme espanhol homônimo do ano de 1955, onde foi interpretado por Pablito Calvo. Esse filme por sua vez foi inspirado em livro homônimo de José Maria Sanchez Silva.
Pablito Calvo, que imortalizou o personagem, faleceu em 2002, aos 51 anos, por conta de um derrame cerebral.
“Seu nome é Marcelino, Pão e Vinho! Essa é a história de um menino, que deu asas a emoção!”

2- Denis, o Pimentinha
denis_o_pimentinha_01
Essa aqui acho que a maioria se lembra! Em épocas em que não se marcava datas para o apocalipse que detonaria a terra, havia um indicador muito confiável de que o que quer que você estivesse fazendo ia dar uma m#rda sem tamanho: A presença do Denis.
Brincadeiras a parte, Denis tem 26 episódios produzidos na década de 80 e reprisados sem cansaço pelo SBT por mais de dez anos (mas um dia cansaram). O diferencial, do Denis, é que, em todo episódio ficávamos de boca aberta ao perceber como qualquer ação simples do garoto podia dar uma m#rda de tamanho colossal e tornar a vida de todo mundo em volta uma experiência muito trágica.
Cleonir dos Santos, dublador do Denis (e também do Scooby Loo e outras figuras fantásticas desse universo da animação) faleceu de insuficiência renal em 1997. E por isso, não precisa mais pagar direitos autorais para poder falar.
Uma das coisas que eu já quis quando criança era ter um cachorro enorme como Rufus! :-D

3- Caverna do Dragão
caverna
Este também é um dos desenhos mais épicos da minha infância (20 minutos todos os dias rezando para aquela saia peluda da Diana voar!). Se esse post fosse um ranking, este item com certeza seria o primeiro!
A série foi toda produzida na década de 80, totalizando 3 temporadas, e 27 episódios somando todas elas. Na história, seis crianças, ao ir a um parque de diversões e brincar em um brinquedo chamado “Caverna do Dragão” acabam indo parar em um local desconhecido, milênios antes: O mundo mágico de Dungeons e Dragons, rpg que deu origem a série.
Nunca chegou a ser produzido um episódio que finalizasse a série. Por isso, nos anos 80, surgiu uma série de boatos, sobre o que teria sido o final de Caverna do Dragão, um deles muito forte dizia que as crianças teriam morrido e ido para o inferno. Segundo ele, o Mestre dos Magos e o Vingador eram duas faces do diabo, e Uni era um demônio enviado para segui-los e impedir que retornassem para casa. Mas…
Aqui vai um presente especial a você, leitor assíduo do Cinco Listas: O link de download da história em quadrinhos criada a partir do roteiro do último episódio (que foi escrito mas não chegou a ser produzido), disponibilizado primeiro pelo site Treta! Digam aí nos comentários se o final agradou ou não!
E para quem não conhece, aí vai o vídeo!
Só para constar, esse não é o primeiro episódio! Eu assisti na globo por anos esperando passar o primeiro episódio e nada! Essa é uma história sem início e sem fim!

4- Scooby Doo
Scooby-Doo
Scooby Doo é tão velho quanto a maioria das nossas mães: Foi criado em 1968 por Iwao Takamoto (Japônes, porque tudo o que vem do Japão é f##a!). Portanto Scooby completa seus 45 anos esse ano.
Nele, quatro amigos, Freddie, Velma, Daphne e Salsicha (passei a infância inteira me perguntando o porque desse nome e até hoje não obtive resposta) e o cachorro da raça Dog Alemão, Scooby Doo, são detetives especializados em casos que envolvam criaturas sobrenaturais, como múmias, vampiros, esqueletos e tudo mais. E Freddie sempre insistia em não acreditar que monstros existiam de verdade.
Mas um cachorro que fala, isso existe!
Por falar nele, o nome do Scooby Doo vem de uma canção do gloriosíssimo Frank Sinatra, chamada “Strangers in the Nitgh” onde no refrão ele cantava “Dooby, Dooby, Doo”. Essa informação é do Wikipedia. Eu não conheço bem a discografia do Frank para confirmar.
Um detalhe: Como já mencionei ali em cima, Scooby Loo foi dublado por Cleonir dos Santos, mesmo dublador do Dennis, o Pimentinha.
Eu só assistia por causa da Daphne! kkkkkk

5- Martin Mistery!
martin_mystery
Este foi um dos melhores desenhos do estúdio Marathon, se não o melhor. Martyn Mistery (que lembra bastante o Jonnie Test) era um espião da agência Centro, especializada em casos paranormais (que aqui realmente eram paranormais), que cumpria as suas missões acompanhado de sua meia-irmã Diana, e de um homem das cavernas que avançou 200 milhões de anos e trabalha na cafeteria do colégio, chamado Java (você deve sempre mantê-lo atualizado). A organização Centro estava sob o comando de M. O. M. (Madame Olivia Mendell).

A abertura também era fantástica! Vale muito a pena conferir!
Postar um comentário

Postagens populares